Autor Tópico: SPO«Rui Costa é o único elemento da estrutura do Benfica que percebe de futebol»  (Lida 833 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

men

  • Reformado Júnior
  • *
  • Agradecimentos
  • -Dados: 9
  • -Recebidos: 2
  • Mensagens: 103

«Rui Costa é o único elemento da estrutura do Benfica que percebe de futebol» - Jorge Jesus
 
Em entrevista à revista GQ, pela qual foi eleito recentemente o homem do ano, o atual treinador do Sporting voltou a falar sobre o Benfica, salientando que Rui Costa, atual diretor desportivo e um dos administradores da SAD, é o único que percebe de futebol na estrutura encarnada.

Questionado se esteve com os seus antigos jogadores no derby do passado domingo, que o Sporting venceu por 3-0, Jorge Jesus afirmou:

«Não, aquilo foi entrar e sair. Com os jogadores não estive, mas estive com um ex-jogador: o Rui Costa. Estive com ele antes do jogo. Ele é o único elemento daquela estrutura toda que percebe de futebol, é o único elemento que tem algum conhecimento das coisas. É, na minha opinião, o elemento que dá àquelas pessoas que gravitam todas à volta da estrutura do futebol, e que não entendem nada daquilo, alguma sustentabilidade ao nível do conhecimento do jogo e do jogador. O eventual futuro que o Benfica possa ter no futebol, ou passa pelo Rui Costa, ou não passa por ninguém.»

No que diz respeito à sensação que teve ao voltar ao Estádio da Luz, o atual treinador do Sporting diz que sentiu «respeito». «Senti que ali passei momentos felizes da minha carreira desportiva, mas, neste momento, estava do outro lado. Normalmente, estava no banco oposto àquele... Nada disso mexeu comigo porque sabia que estava dirigir outra equipa. Tinha de estar com a minha autoconfiança como quando estava sentado no outro banco, neste caso, do rival.»

Já sobre o comportamento dos adeptos benfiquistas, Jesus disse: «Para a equipa do Benfica foram gentis, foram apaixonados, foram aquilo que acho que sempre foram comigo. Comigo, não esperava mais nada. Não esperava que me aplaudissem, não esperava que me dessem flores.»

Na entrevista, que estará disponível nas bancas na próxima semana, o treinador falou ainda de aspetos relacionados com a sua personalidade, admitindo que «um pouco de arrogância» em determinadas situações. «Gosto de confronto e, como gosto de confronto, aquilo que vocês transformam em arrogância, é um pouco isso. É um pouco fazer sentir ao outro: `Queres confronto? Então vamos lá para o confronto!`», explicou.

Jesus abordou ainda a gestão que faz do balneário, recordando o `caso´ protagonizado com o paraguaio Oscar Cardozo na final da Taça de Portugal de 2013. «Depois, consegui resolver com alguma facilidade porque ele é um miúdo bom. Aquilo foi um momento, não digo de loucura dele, mas de algum desequilíbrio emocional, porque tínhamos perdido duas finais numa semana. (...) Se aquilo tivesse acontecido no treino, seria completamente diferente a minha reação, a minha decisão e a minha atitude para com ele», disse.

ka020756

  • Reformado Iniciado
  • *
  • Agradecimentos
  • -Dados: 23
  • -Recebidos: 4
  • Mensagens: 8
Está tudo dito.
« Última modificação: 29 de Outubro de 2015, 20:31 por ka020756 »