Autor Tópico: Supertaça - Benfica bate FC Porto por 28-27  (Lida 949 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

emef44

  • Reformado
  • *
  • Agradecimentos
  • -Dados: 0
  • -Recebidos: 259
  • Mensagens: 1020
  • País: pt
  • Sexo: Masculino
  • A vida é muito curta para ser pequena
Supertaça - Benfica bate FC Porto por 28-27
« em: 01 de Setembro de 2012, 19:12 »



O Benfica venceu, esta sexta-feira, o FC Porto por 28-27 e qualificou-se para a final da Supertaça portuguesa de andebol, na qual vai defrontar o Sporting, que, na primeira meia-final, havia batido o Madeira SAD por 25-24.
O detentor do troféu, que ao intervalo vencia por 14-13, afastou o tetracampeão nacional, impondo-se na equilibrada marcha do marcador nos derradeiros momentos do encontro com um golo de Carlos Carneiro.
O jogo registou um ligeiro ascendente do Benfica na primeira parte, em que os "encarnados" transformaram uma igualdade a sete numa vantagem de três golos (11-8), a cinco minutos do intervalo.
O FC Porto, que não pôde contar com o lesionado pivot Tiago Rocha, recuperou da diferença muito por culpa de um endiabrado João Ferraz (ex-Madeira SAD) e empatou a 13 por Daymaro Salinas.

Na segunda parte, já com Alfredo Quintana na baliza, e na jogada a seguir ao cubano ter defendido um livre de sete metros cobrado por Carlos Carneiro, o FC Porto passou para a frente (16-15), com mais um golo de João Ferraz, melhor marcador do jogo, com 10.
O Benfica voltou a empatar por Carlos Carneiro, mas o FC Porto respondeu com um parcial de três golos, que elevou a vantagem para 19-16, com ações ofensivas de Wilson Davyes (dois golos) e João Ferraz.

O Benfica, bem defensivamente, com o espanhol Vicente Álamo (ex-Ademar Leon) em destaque na baliza e rápido a lançar o contra-ataque, reduziu a diferença e empatou pelo ex-portista Dario Andrade (20-20).
O encontro passou por um período emotivo, duro e de equilíbrio, sem que nenhuma equipa conseguisse descolar mais do que um golo da outra e com os guarda-redes Alfredo Quintana e Vicente Álamo em evidência.
No minuto final, e já com o Benfica a vencer pela margem mínima (28-27), o FC Porto dispôs da posse da bola para empatar, mas, apesar de recorrer a um guarda-redes avançado, não conseguiu levar a decisão para prolongamento.
A final distrabalhadora-se às 17 horas de domingo, em Fafe, e é precedida do embate entre o Madeira SAD e o FC Porto, que vão discutir o terceiro lugar.