Autor Tópico: Hóquei em patins - Benfica conquista Supertaça  (Lida 7181 vezes)

0 Membros e 1 Visitante estão a ver este tópico.

emef44

  • Reformado
  • *
  • Agradecimentos
  • -Dados: 0
  • -Recebidos: 310
  • Mensagens: 1019
  • País: pt
  • Sexo: Masculino
  • A vida é muito curta para ser pequena
Hóquei em patins - Benfica conquista Supertaça
« em: 29 de Setembro de 2012, 19:40 »


Benfica conquista Supertaça



O campeão português Benfica conquistou hoje a Supertaça António Livramento em hóquei em patins, ao bater a Oliveirense, detentora da Taça de Portugal, por 9-5, num jogo disputado em Paredes.
Os "encarnados", que somaram o seu sétimo troféu em 16 presenças na Supertaça, justificaram a vitória, face a uma Oliveirense que ainda não conseguiu inscrever o seu nome na galeria de vencedores da competição.
O Benfica entrou no jogo a todo o gás, liderado pelo avançado argentino Carlos López, e foi com naturalidade que inaugurou o marcador, aos dois minutos, pelo seu compatriota "Tuco", com um remate à boca da baliza.
A pressão e o domínio "encarnado" mantinham-se, com o reforço espanhol Marc Roy em bom plano, a defender e a lançar os companheiros no ataque, e esta atitude resultou em mais dois golos, aos 11 e 12 minutos, por Carlos López, após belíssimo trabalho individual, e João Rodrigues.
Com uma vantagem de três golos, o técnico Luís Sénica começou a rodar a equipa, mas as saídas de Marc Roy e Carlos López afetaram o Benfica, que passou a jogar mais na expetativa e num ritmo baixo, o que seria aproveitado pela Oliveirense.
Jogando em velocidade e com processos de jogo mais simples, a formação de Oliveira de Azeméis viria justamente a restabelecer a igualdade, numa recuperação iniciada aos 15 minutos, por André Azevedo, com um remate de muito longe, tendo marcado depois Ricardo Ramos e Gonçalo Alves (ex-Sporting), aos 21 e 24.
Embalados pela recuperação, os detentores da Taça de Portugal estiveram muito perto de ganhar vantagem, mas o poste e o internacional luso Ricardo Silva, na baliza do Benfica, impediram a reviravolta.
O Benfica voltou a entrar forte no segundo tempo, mas sem repetir os mesmos erros, e conseguiu marcar quatro golos sem resposta, por Carlos López, João Rodrigues e Marc Roy, por duas vezes, uma vantagem que depois geriu sem problemas.
Até ao final do encontro que abriu oficialmente a época 2012/2013, Gonçalo Alves fez mais dois golos para a Oliveirense, já depois dos tentos de "Cacau" e Luís Viana.
Jogo no Pavilhão Rota dos Móveis, em Lordelo, Paredes.
Oliveirense - Benfica, 5-9.
Ao intervalo: 3-3.
Marcadores: 0-1, Esteban Abalos "Tuco", 02 minutos. 0-2, Carlos López, 11. 0-3, João Rodrigues, 12. 1-3, André Azevedo, 15. 2-3, Ricardo Ramos, 21. 3-3, Gonçalo Alves, 24. 3-4, Carlos López, 27. 3-5, João Rodrigues, 31. 3-6, Marc Roy, 38. 3-7, Marc Roy, 39 (grande penalidade). 4-7, Gonçalo Alves, 47. 4-8, Cláudio Filho "Cacau", 49 (livre direto). 4-9, Luís Viana, 50. 5-9, Gonçalo Alves, 50 (livre direto).



Desporto sapo